CBTD 2019: como podemos efetivamente aprender ao longo de toda a vida

Terceiro e último dia do Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento – CBTD é marcado por atividades que mostram o caminho para adotarmos o “lifelong learning”, disposição para aprender constantemente ao longo de toda a vida.

Por Leonardo Caetano

 

No terceiro e último dia de atividades do CBTD 2019 – Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento, que contou com plenária de encerramento do comunicador Marcelo Tas, diversas atividades abordaram a importância de investir em processos de aprendizagem e autodesenvolvimento ao longo de toda a vida. Logo cedo, no espaço “Pátio do Colégio”, dois workshops movimentaram os participantes: “A Neurociência do Feedback e do Feedforward”, com Inês Cozzo e “Game Jam Experience”, com Felipe Vila e Iris Kochen. Também às 9h, aconteceram três “Momentos Inspira”: “Kit Básico de Comunicação – Como Potencializar Soft Skills em Power Skills”, com Carla Carvalho, “Se você não entendeu… PROBLEMA MEU”, com Octacilia Cabral e “Relacionamento e Gestão de Conflitos”, com Bernardo Leite.

Na sequência, pudemos acompanhar a palestrante Cristina Leal, no espaço Paulista 4. Ela recentemente foi acompanhar o dia a dia de algumas das maiores empresas do mundo para analisar como o lifelong learning é trabalhado. Um exemplo apresentado foi do Google, onde eles adotaram a filosofia g2g (googler to googler). Nesse caso, os colaboradores da Google têm a possibilidade de se aprofundar em novos conhecimentos de forma coletiva e colaborativa. Todos aprendem com todos, alimentando a aprendizagem como cultura. Essa prática é caracterizada pelo autor Josh Bersin como “learning on the flow of work”.

Nessa esteira, o conceito de flow foi também trabalhado por Cadu Lemos na atividade seguinte. A palestra dele começou às 11h15 e foi focada no que caracteriza e nos benefícios do estado de flow. Ele nos explicou como funciona o estado de flow e quais são as dificuldades contemporâneas para chegarmos a esse estado mental. O flow é aquele momento em que o nosso foco na atividade realizada é tão grande que perdemos a noção do que está a nossa volta. “Tem sido cada vez mais difícil atingir esse estado, visto que cada vez mais as pessoas entram em estado de burnout”, disse. Cadu ainda informou que o Brasil é o segundo país no ranking de pessoas mais estressadas no mundo, atrás apenas do Japão.

Já na parte da tarde, tivemos mais dois Momentos Inspira: o primeiro foi ministrado por Leonardo Zagotta com o tema “O treinamento Morreu: Seja Você o Próximo Case do Ano que Vem”. O segundo foi sobre “Heutagogia”, com Rafael Balan Zappia. No auditório Paulista também foram apresentados alguns cases que estavam concorrendo ao Prêmio Destaque Gestão de Pessoas. Mais de quarenta cases foram enviados e avaliados e o comitê científico da ABTD selecionou os vencedores: Graacc, Ipiranga e Natura.

O 35° CBTD 2020 acontecerá entre os dias 25 e 27 de outubro do próximo ano, em São Paulo.

Sobre o CBTD – Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento

O CBTD – Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento é o maior e mais conceituado evento do mercado de Educação Corporativa da América Latina. Hoje em sua 34ª edição, o CBTD acontece anualmente e reúne os principais especialistas em desenvolvimento humano e organizacional e também as mais importantes empresas do segmento em sua feira de exposições (EXPO CBTD). Desde sua criação, o evento é organizado pela Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *